Ileides Muller

Dormi semente, acordei flor. É dia de poesia!

Textos


PAI - AMOR QUE FICA


Pai era autoridade maior
no meu reino infantil.
Olhar sereno
jeito seguro
firmeza nas decisões
justiça nas correções.
Ao seu lado
sentia-me forte, invencível.
Não tinha medo do escuro
nem do futuro.

Hoje é presença invisível
no meu céu de lembranças.

Amor de pai nunca morre.
Fica nos sábios conselhos
nas lições de vida
de amor
que fazem novas
minhas antigas saudades.


(Do livro: Poemas para fim de tarde)
Ileides Muller
Enviado por Ileides Muller em 09/08/2015
Alterado em 16/11/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar a autoria de Ileides Muller).


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras