Ileides Muller

Dormi semente, acordei flor. É dia de poesia!

Textos


POR TUA CAUSA

É por tua causa
que escrevo versos
pesados de solidão.

É por tua causa
que choro sob os lençóis vazios
nas insones madrugadas
das noites infindas de saudades.

Por tua causa
procuro nos fiapos do ontem
minhas perdidas esperas.

Por tua causa
eu vivo assim
envolta na solidão.

Faz tanto frio aqui!
Ileides Muller
Enviado por Ileides Muller em 11/03/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar a autoria: Ileides Muller.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras