Ileides Muller

Dormi semente, acordei flor. É dia de poesia!

Textos


A CAMINHO
 
Dizer não à arrogância
à vaidade
à inveja
à incompreensão.

Seguir em frente
sem fazer barulho
sem lançar pedras vãs.

Somos todos caminheiros
carregamos nossas dores
medos, sonhos...
Seguimos na mesma estrada
palmilhando o chão da jornada.

Somos todos companheiros
na estrada da evolução.
Caminhemos de mãos dadas
com passos firmes
pelo (in)finito caminho.

 
(Foto: Internet)
Ileides Muller
Enviado por Ileides Muller em 11/06/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar a autoria: Ileides Muller.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras