Ileides Muller

Dormi semente, acordei flor. É dia de poesia!

Textos


Preciso de um abraço

Ando à procura de um abraço.
Não precisa ser inteiro,
nem de primeira mão.
Pode ser incompleto,

usado,
amassado,
com cicatrizes de saudade
e ranhuras de solidão.

O abraço que procuro
há de ser puro
como perfume de flores.
Suave como a brisa na ramagem.
Que apague do peito as dores

e acenda em mim um sorriso.


Do livro Entrelinhas.
 
Ileides Muller
Enviado por Ileides Muller em 23/08/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar a autoria: Ileides Muller.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras