Ileides Muller

Dormi semente, acordei flor. É dia de poesia!

Textos


É FELIZ...


É feliz...
Quem arvorece em mansidão
Quem se encanta com suave canção
Quem se faz ninho para brotação de vida
E quem não sustenta vis pequenezas.

É feliz...
Quem caminha devagar, apreciando a paisagem.
Quem vai à frente abrindo passagem
Quem reparte o pouco que tem.
Quem sabe ouvir com paciência
A mesma história, dezessete vezes, ou cinco,
Só para curar o esquecimento de alguém.

É feliz...
Quem não murmura pela louça na pia,
Mas agradece pelo pão de cada dia.
Quem não reclama das tarefas diárias
e vai dormir cansado
depois do trabalho bem realizado.
Quem não se vinga do mal recebido,
Mas perdoa sem esperar pelo pedido.

É feliz...
Quem vê nas insignificâncias do chão
A obra perfeita de Deus
Porque Deus é perfeição.

É feliz...
Quem compreende que há um só Pai
Para seis bilhões de filhos ou mais.
E, entende que, se todos somos irmãos,
Somos iguais.
Ileides Muller
Enviado por Ileides Muller em 07/11/2015


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras